PT tentou transformar a Igreja Católica em linha auxiliar, diz Araújo

“Não descansarão enquanto não tiverem conseguido destruir a Igreja”, disse o chanceler brasileiro sobe os membros do PT.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, rebateu as críticas do petista Leonardo Boff, nesta quinta-feira (2), através de mensagens na rede social Twitter.

“Quando a sua teologia da libertação apareceu, mais de 90% dos brasileiros eram católicos. Hoje são só 50% e caindo”, escreveu Araújo.

O chanceler do Brasildisse ainda que Boff e “seus amigos, ao tentarem transformar a Igreja Católica em linha auxiliar do PT, perderam o povo”. 

“Tendo abandonado os pobres, agora tentam a ecologia como instrumento. Tentam de tudo. Não descansarão enquanto não tiverem conseguido destruir a Igreja”, completou Araújo.

Ao se declarar católico, o chefe do Itamaraty completou dizendo que “nunca o catolicismo foi tão rebaixado quanto o é pelo seu pensamento apóstata e mentiroso e nunca passou tanta vergonha quanto passa com a sua bajulação de um sistema esquerdista corrupto”.

Com as informações Renova Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: