Repercussão negativa do desfile da Gaviões da Fiel do Carnaval 2019

“Manifestações dessa natureza estimulam o desrespeito e a intolerância”, afirma a Frente Parlamentar Evangélica da Câmara dos Deputados, que acusa a escola de samba de ofender a fé dos cristãos e de zombar de Jesus Cristo.

O desfile da escola de samba Gaviões da Fiel trouxe uma “batalha entre Jesus e Satanás”, na qual Satanás termina com a vitória.

O coreógrafo Edgar Júnior afirmou que a intenção era “mexer com a fé de cada um”, trazendo a polêmica Jesus contra o diabo.

Sara Winter, que foi convidada a trabalhar no Ministério com Damares Alves, disse que várias pessoas, além dela, estão interessadas em abrir processos contra a Gaviões. Ela, assim como a deputada Lauriete, esposa de Magno Malta, e o pastor Josue Vallandro Jr., da Igreja Batista Atitude, se pronunciaram contra o desfile da Gaviões, denunciando a falta de respeito com a religião cristã e católica, considerando a laicidade do país, e que, “se fosse uma encenação destruindo um altar de culto de outra religião e dando uma surra num preto velho (da entidade umbandista), o que acham que o MP, os partidos de esquerda, a liga das escolas de samba fariam?”.

Após a repercussão negativa e sob críticas, a Gaviões postou nas redes sociais imagens com legendas que diziam que Jesus venceu a batalha, o que não abafou a revolta de cristãos e católicos que se dizem ofendidos com a representação feita no desfile.

1 thought on “Repercussão negativa do desfile da Gaviões da Fiel do Carnaval 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: