PMs não aceitam proposta de Camilo e seguem paralisação no Ceará

Após reunião de senadores cearenses com PMs no 18º Batalhão, nesta quinta-feira (20), os militares decidiram continuar com a paralisação no Ceará após ouvirem a proposta do governo do estado. Segundo o Cabo Sabino, o governador foi intransigente e afirmou que não garante sequer a anistia para os policiais que já estiverem respondendo Inquérito Policial Militar (IPM), contudo, aqueles que ainda quiserem deixar o movimento não serão identificados ou investigados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: