Policial militar que publicou foto polêmica de Ciro Gomes com oficiais é investigado

O ex-ministro brasileiro, Ciro Gomes (PDT), durante o lançamento de sua pré-candidatura para as eleições presidenciais de outubro pelo Partido Trabalhista Democrático, na sede do partido, em Brasília 08-03-18Foto: Sérgio Lima / Poder 360

O Controladoria Geral da Disciplina (CGD) documentou uma sanção disciplinar contínua contra o policial Rafael Lima da Silva, 33 anos, em razão de uma publicação no Facebook na qual ele utilizou a foto do ex-candidato presidencial Ciro Gomes. Na foto, Ciro está com o subsecretário de Segurança Pública (Coronel Alexandre Ávila), o líder da PM/CE (Coronel Ronaldo Viana) e outras autoridades da PM. Sobre o encontro, a expressão: “Não me representa” gerou polêmica. Rafael é vice-presidente da Associação de Profissionais de Segurança (APS).

O relatório também afirma que as imagens estão “sugerindo” que a polícia posou como uma demonstração desonrosa. A CGD considerou a manifestação uma “transgressão disciplinar” tendo em vista a crítica realizada.

A esposa de Rafael utilizou redes sociais para condenar a portaria e salientar que, em 19 de julho, o marido não objetivava criticar a polícia mas a finalidade seria declarar repúdio ao Ciro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: