BOLÍVIA RETOMARÁ RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS COM ISRAEL

A Bolívia retomará as relações diplomáticas com o Estado de Israel, interrompidas por uma década no governo do ex-presidente Evo Morales.

A ministra das Relações Exteriores da Bolívia Karen Longaric anunciou na quinta-feira que o país sul-americano voltará a ter relações diplomáticas com Jerusalém, informou a agência da AFP .

“Vamos restaurar as relações com Israel … no âmbito do respeito à soberania do Estado, da cordialidade e sempre pensando que questões positivas podem surgir dessa relação para ambos e benefícios para o turismo boliviano”, disse Longaric, sem conceder uma data ou mais detalhes, em reunião com a imprensa na capital boliviana de La Paz.

A Bolívia interrompeu as relações diplomáticas com Israel em janeiro de 2009, em reação à operação “Forçar o Elenco” das Forças de Defesa de Israel contra o Hamas na Faixa de Gaza, com a qual respondeu aos ataques com foguetes do grupo terrorista. O falecido Hugo Chávez na Venezuela também decidiu cortar os laços com Israel.

Durante a operação militar de três semanas, também conhecida como a primeira guerra de Gaza, entre 1.000 e 1.500 palestinos foram mortos, além de 13 israelenses. Morales descreveu os atos de Israel como “genocídio”, informou a agência Reuters .

Uma década depois, para Longaric, a decisão de Morales “era uma medida política sem considerações de natureza colateral, como a parte econômica e comercial … havia benefícios particularmente para o turismo na Bolívia”.

Longaric assumiu o cargo no meio deste mês como parte do novo governo na Bolívia liderado por Jeanine Áñez, após a renúncia de Morales à presidência que ele ocupou por 13 anos, após protestos sociais maciços contra ele em torno de alegações de fraude eleitoral no país. As últimas eleições.

Com as informações EnlaceJudío

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: