Bolsonaro diz que Moro precisa dar uma “segurada” no pacote anticrime

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta quinta-feira que o governo não dê prioridade ao pacote anticrime, enviado à Câmara pelo ministro Sergio Moro (Justiça), para não causar “turbulência” em meio ao andamento das reformas econômicas. Depois da aprovação da Previdência na Câmara, o texto seguiu para o Senado. Além disso, o Congresso ainda vai analisar no segundo semestre as propostas que preveem mudanças tributárias e no sistema previdenciário dos militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: