Segunda Trupe do STF Solta Ex-ministro José Dirceu.

Segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decide esquecer um pouco as nossas leis e conceder liberdade provisoria ao Ex-ministro José Dirceu por três votos a um. O petista havia começado a cumprir sua pena de 30 anos e 9 meses no começo desse ano, contrária ao entendimento do STF, que autorizou a prisão em segunda instância o ministro Dias Toffoli propôs liberar José Dirceu e foi seguido por Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. O único votar contra foi Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF. Celso de Mello estava ausente na sessão e não participou do julgamento.

 

Toffoli defendeu a libertação de forma liminar (provisória) porque considera que há “plausibilidade jurídica” em um recurso da defesa apresentado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra a condenação pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de segunda instância.

Mesmo Edson Fachin tendo pedido vistas ( mais tempo para analise do processo ) a decisão de soltar José Dirceu. Para isso Toffoli alegou que se fosse esperar a resposta de Fachin a decisão poderia ficar para agosto, tendo me vista que o (STF) entra em recesso no mês de julho. Mostrando a ineficiência do nosso sistema de justiça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: