Políticos de Horizonte agem de maneira errada e traz prejuízo para a população

A dupla dinâmica Nezinho e Chico César que vem dominando hegemonicamente o municipio de Horizonte e deixaram as contas no vermelho. Hoje “brigados” por conta de quem quer ter mais poder na cidade e dominar a política.

Na gestão de Chico César(2004-2008) anterior a de Nezinho que se deu inicio em 2009, deixou muitas contas a serem pagas para a gestão seguinte. O atual prefeito que autorizou a construção de um estádio de futebol para o time do Horizonte Futebol Clube.

O estádio custou cerca de 20 milhões de reais para os cofres públicos. Como não conseguiu pagar tudo em seu mandato, entrou em um acordo e ficou para a gestão de Nezinho, que também não pagou a dívida, afirmando que o débito era da gestão anterior.

Um outro grande fator determinante para esta crise financeira foi um terreno que está sendo construído a nova delegacia da cidade. O proprietário não foi indenizado corretamente e recorreu na justça, custando assim mais prejuízo aos cofres publicos.

Lembremos que as indenizações concedidas pelo poder judiciário tanto para a empreiteira responsável pelo estádio, bem como para os donos do terreno para a delegacia foram determinantes para esta crise. Porém há outras obras iniciadas e não concluídas por falta de verba. As gestões de Nezinho e Chico César vem esbanjando dinheiro mesmo sem ter e cobrando impostos cada vez mais altos da população.

Essa hegemonia dos dois no poder vem prejudicando muito a população nos ultimos anos, justamente por dívidas que deixa para o outro, mas esquecem que quem paga é o povo e o povo paga com suor e lágrimas.

Texto escrito por Romas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: