Ataque a mesquitas na Nova Zelândia já deixa 49 mortos

As autoridades neozelandesas afirmaram que já são 49 mortes e 48 feridos com gravidade devido aos ataques que ocorreram às 13:40 de sexta no horário local, 21:40 de quinta no horário de Brasília, em duas mesquitas na Nova Zelândia: as mesquitas de Al Noor e de Linwood Masjid, na cidade de Christchurch.

Um australiano, que se identificou por Brenton Tarrent, de 28 anos, assumiu a responsabilidade dos ataques e transmitiu ao vivo pelo Facebook o momento dos disparos.

Mike Bush, comissário de polícia da Nova Zelândia, disse que explosivos improvisados, encontrados dentro de um carro, já haviam sido desativados após os ataques a primeira mesquita.

Brenton deixou um manifesto anti-imigrantes de 74 páginas, tentando justificar suas ações.

Testemunhas afirmaram que havia centenas de pessoas no local. Um mulçumano que estava dentro da mesquita evitou que mais mortes ocorressem sacando uma arma e atirando contra o assassino, de acordo com o repórter Ryan Saavedra.

As redes sociais – Facebook, Instagram e Twitter – estão retirando do ar os vídeos de Brenton e comentários de apoio aos ataques.

Foto por JM Madeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: