Pai é processado por ‘abuso infantil’, após proibir seu filho de se vestir como menina

Jeffrey Younger quer impedir que ex-mulher trate seu filho de apenas seis anos como se fosse uma menina. Algo polêmico está circulando na imprensa americana e do Brasil, um caso classificado como ‘perturbador’ por cristãos está chocando pessoas.

A polêmica reside por um pai e mãe estarem entrando na justiça por motivos divergentes. No processo, a genitora está alegando que o genitor pratica atos de abuso infantil em razão de não aceitar que o filho de 6 anos na realidade nasceu no gênero errado e é uma garota.

Já o pai está alegando outras questões, ele diz que o garoto não quer ser menina e quando está quando ele demonstra aversão em usar roupas de mulheres. Nesse sentido, as partes estão lutando judicialmente, o Jeffrey é processado pela ex-esposa em razão de ser contra a transformação do filho em garota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: