Ator esquerdista da Globo se autoproclama Presidente do Brasil

Na tarde de ontem, o ator José de Abreu, através de sua conta pessoal no Twitter, se autoproclamou Presidente da República, em alusão ao ato do venezuelano Juan Guaidó, e em clara oposição ao Presidente Eleito Jair Bolsonaro.

Para compor seu “governo”, o mesmo anunciou que
 Lula, Dilma, Marcelo Freixo, Guilherme Boulos, Manuela D’ávila, Eduardo Suplicy, Jandira Feghali seriam seus ministros, e Maria do Rosário sua vice.

Dentre os “despachos presidenciais”, o ator postou:

“A nossa bandeira jamais será laranja”

“Negros, indígenas, LGBTs, mulheres e outras minorias terão direito a dois votos a cada eleição”

“suspensão de incentivos fiscais à indústria, comércio e outras atividades lucrativas”

“Bancos terão que pagar impostos correspondentes a 99% de seus bilhões de lucro, dirigidos exclusivamente à Educação e Saúde públicas”

“Criação do Ministério da Paz Internacional, sob a batuta de Celso Amorim”

E também anunciou “Indultar Lula. Mudar a Previdência para Juízes, promotores, procuradores e militares. Acabar com as pensões das filhas casadas e que fingem ser solteiras, como a Maitê Proença”.

Faltaram críticas ao Governo Ditatorial de Nicolás Maduro, e o acolhimento em seu “governo” das minorias que pensem diferente de seus correligionários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: