Paulo Vieira de Souza (PSDB) condenado a 145 anos de prisão

Paulo Vieira de Souza, conhecido por Paulo Preto, foi condenado a 145 anos de prisão e 8 meses, em regime fechado, em segunda sentença do caso Rodoanel, por desvio de 7,7 milhões que serviriam para indenização de moradores prejudicados pelas obras do Rodoanel.

A juíza Maria Isabel do Prado, titular da 5ª Vara, condenou Paulo Preto.

Essa não é a primeira vez que o ex-diretor da Dersa é condenado. No dia 28, quinta-feira, a juíza já o tinha condenado a 27 anos de prisão por crimes de cartel e fraudes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: