Paulinho da Força, Jovair Arantes e Wilson Filho da mira da Polícia Federal

Hoje a operação Registro Espúrio da Polícia Federal cumpriu 64 mandatos de busca e apreensão, 8 mandatos de prisão preventiva l, 15 mandatos de prisão temporária e outras medidas cautelares.

A PF vêem investigando a cerca de ano os crimes de organização criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro e. As investigações mostraram a existência de um grande esquema de corrupção dentro da Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho que envolve servidores públicos, lobistas, advogados, dirigentes de centrais sindicais e parlamentares.

Dentre os investigados na operação estão os deputados federais Paulinho da Força do SD-SP, Jovair Arantes do PTB-GO e Wilson Filho do PTB-PB. As prisões dos três deputados foram pedidas, mas foram negadas pelo ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal(STF). Foram executadas, para esses deputados, apenas a busca e apreensão no seus gabinetes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: