Crise na fronteira

Após Nicolás Maduro ter ordenado o fechamento da fronteira com o Brasil, afim de impedir o acesso da ajuda humanitária enviada pelo governo Bolsonaro, uma série de conflitos ocorreu na tarde de hoje, deixando pelo menos 12 pessoas feridas e 2 mortas.

As vítimas foram levadas para atendimento médico em Boa Vista – RO, há 200km de Pacaraima (fronteira).

Após incidente, governo brasileiro informa que manterá a operação de ajuda, com entrega de alimentos e medicamentos solicitados pelo Presidente Juan Guaidó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: